banner de internas (em desenvolvimento)
20/06/2012 13:19

Sessão Ordinária / Lideranças

Plenário

Nos tempos de Lideranças da sessão desta segunda-feira (18/6), os vereadores de Porto Alegre trataram dos seguintes assuntos:

CONVENÇÕES - Paulinho Rubem Berta (PPS) parabenizou os partidos que realizaram convenções no último final de semana. “O PMDB encheu a Casa e o clima contagiou a todos e vai contagiar as ruas da cidade”, disse o vereador. Sobre o PDT, Paulinho comentou que por todo trabalho já realizado na cidade e a grande junção de partidos, vai reconduzir Fortunati à prefeitura da capital. O vereador também falou a respeito do novo Posto de Saúde do Bairro Rubem Berta. “Até o final de agosto estará em plena atividade”, falou o parlamentar. Quanto as obras na Avenida Cristóvão Colombo e Anita Garibaldi, que vêm recebendo críticas, o vereador disse que não se faz omelete sem quebrar ovos. “É óbvio que vão desmanchar casas e remover árvores.” (RA)

DESENVOLVIMENTO - Engenheiro Comassetto (PT) comentou sobre o momento de desenvolvimento "ímpar" que o Brasil vive atualmente. "O país se destaca no mundo pelo incentivo à formação de adolescentes e jovens. São mais de 340 escolas técnicas sendo criadas, colocando os jovens no mercado de trabalho, tendo oportunidades para o futuro", afirmou. Ainda segundo Comassetto, é preciso estar atento aos problemas da cidade e fiscalizar com rigor a gestão pública. "Temos que denunciar que os postos de saúde fecham em ponto facultativo, os semáforos das grandes vias são desordenados e a segurança está um caos em todos os cantos da capital." (ES)

SUBSÍDIO - Mauro Zacher (PDT) anunciou aos servidores da Casa que hoje às 18h, no Salão Nobre, irá assinar o termo de acordo com o Sindicâmara que prevê uma série de reivindicações contempladas pela Mesa Diretora. "Conseguimos quase em sua plenitude atender a demanda do sindicato." Segundo o presidente, foram enfrentadas três cláusulas econômicas muito importantes. "O reajuste salarial no índice de 5,11%, aumento do vale-alimentação de R$15,00 para R$20,00 e reajustamento anual da GIT para 85%", explicou. Além disso, serão assinadas também outras 19 cláusulas sociais como a que revisa o Plano de Carreira dos funcionários. "Quero saudar o empenho dos vereadores da Casa e dos diretores que fizeram de tudo para que o acordo fosse alcançado." (ES)

VETO - Bernardino Vendrúscolo (PSD) comentou sobre o veto do Excutivo Municipal que irá à votação na Ordem do Dia, a respeito do seu projeto que reestrutura o Parque Temático da Cultura e do Folclore Gaúcho, mais conhecido como a Casa do Gaúcho. "Quero fazer um apelo aos vereadores para derrubar o veto do prefeito, pois os apontamentos não possuem sustentação jurídica para não aceitar o projeto", afirmou. Para o vereador, não haverá custo nenhum para o Executivo. "A proposta prevê que uma parceria público-privada seja implantada sem nenhum custo ao governo municipal. Quero então pedir aos vereadores que me ajudem a derrubar esse veto." (ES)

ELOGIO - Pedro Ruas (PSOL) registrou que ele e sua colega de bancada, a vereadora Fernanda Melchionna, sempre fizeram uma oposição firme e contundente na Câmara Municipal, votando isolados contra algum projeto do Executivo que julgavam inadequados. "Somos uma oposição em período integral e apesar de sermos duros, sabemos reconhecer os acertos", afirmou. Por isso, segundo Ruas, o prefeito precisa ser elogiado por ter assumido o compromisso de iniciar esse ano as duas linhas experimentais do transporte hidroviário na capital. "Sempre lutei há mais de 23 anos por esse projeto, fico contente que o Executivo tenha se debruçado para efetivá-lo". (ES)

PARQUE - Alceu Brasinha (PTB) reclamou da ação de um candidato a vereador que, segundo ele, está divulgando para a comunidade que é responsável pela liberação de recursos para revitalização do parque Alim Pedro, no IAPI. Brasinha observou que percorreu todas as secretarias até descobrir onde estava o problema da liberação de verbas para a obra e ficou surpreso que agora tenha aparecido um "Deus das trevas" se dizendo autor da medida. "Esta pessoa tem de apresentar os documentos mostrando que foi ela quem negociou as verbas para a revitalização do Alim Pedro." (MAM)

BACIA - João Dib (PP) rebateu críticas de Carlos Todeschini (PT) à construção de uma bacia de decantação no bairro Três Figueiras. Segundo Dib, a obra é necessária e será eficaz, "ao contrário da bacia do Parque Marinha do Brasil, construída por Todeschini quando ele estava no Dmae, que não serve para nada". Sobre a exigência de audiências públicas prévias para obras da 3ª Perimetral, Dib observou que o Executivo só precisa realizá-las quando há pedido formal de alguma entidade representativa da sociedade. (MAM)

REDUÇÃO - Sofia Cavedon (PT) lamentou o que ela considera uma redução drástica nas verbas municipais para cultura e esporte. Disse que a cultura, que já teve 2,5% das receitas do município hoje ganha apenas 0,98%. "A SME (Esportes) recebe apenas 0,38% do orçamento municipal e, entre outras coisas, tem de administrar os centros comunitários, que possuem piscinas." Acrescentou que por causa da redução das verbas, 23 praças e parques perderam professores de educação física que atuavam nos locais. "Houve opções dos governos Fogaça e Fortunati em reduzir brutalmente o orçamento em cultura e esporte." (MAM)

CIDADE BAIXA - Idenir Cecchim (PMDB) reclamou da operação de guerra empreendida por órgãos do município e do Estado no bairro Cidade Baixa. "Não precisa pirotecnia nem exibicionismo, como ocorreu na noite da última sexta-feira." Segundo o vereador, Bombeiros, Vigilância Sanitária e EPTC entraram em bares e restaurantes para promover fiscalização num horário inadequado. "Tem de fazer isso de dia. Estão tirando empregos e afastando empresários de lá com esta ação." (MAM)

PROJETO – Dr. Thiago Duarte (PDT) disse não querer discutir mérito de proposta de sua autoria, que determina a entrega de uma muda de árvore para quem comprar um carro, mas a prerrogativa de um vereador em apresentar projetos de lei. “Não se pode deixar de ser ouvido em sua plenitude”, destacou ao lamentar que sua proposta tenha recebido votação desfavorável à tramitação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. O vereador também destacou inauguração de unidade de saúde no Núcleo Esperança, na Restinga, e texto publicado em Zero Hora sobre adolescente que vive nas ruas. (HP)

BANCADA -  Elias Vidal (PV) solicitou apoio para que o PV tenha possibilidade de instalação formal e material de bancada na Câmara Municipal. “Hoje o partido está restrito ao meu gabinete. Queremos desenvolver trabalhos para a cidade”, afirmou. Elias disse que uma das principais bandeiras do Partido Verde é a sustentabilidade: “trata-se da vida, e a vida não tem partido. A água, a fauna e as matas são para todos”. O vereador disse ainda que o PV tem grandes contribuições a oferecer a Porto Alegre, e citou a revisão do Código de Posturas. “Precisamos colocar nele o olhar da sustentabilidade”. (HP)

CORTE - João Dib (PP) lamentou que o projeto previsto para ser votado na tarde desta segunda-feira (18/6) não tenha atingido o quórum. Considerou um desrespeito aos vereadores e à população porto-alegrense o fato de que alguns parlamentares presentes em plenário e que haviam discutido a matéria não terem votado. Sugeriu o corte do ponto desses vereadores. (VBM)

Regina Andrade (reg. prof. 8423)
Ester Scotti (reg. prof. 13387)
Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)
Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)
Vítor Bley de Moraes (reg. prof. 5495)


rodapé