banner de internas (em desenvolvimento)
20/06/2012 13:23

Câmara Municipal e Sindicâmara assinam dissídio dos servidores

Institucional

Dsc_1868
Foto: Mariana Fontoura

O vereador Mauro Zacher (PDT), presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, reuniu-se com os representantes do Sindicato dos Servidores da Câmara Municipal de Porto Alegre (Sindicâmara) no final da tarde desta segunda-feira (18/6) para a assinatura do acordo de dissídio dos servidores do Legislativo da capital. Os vereadores Carlos Todeschini (PT), Thiago Duarte (PDT) e Valter Nagelstein (PMDB) acompanharam o ato, que se configura na primeira fase de conquistas do sindicato, após o início do Grupo de Trabalho (GT), formado por representantes dos servidores e diretores da Casa para discutir e encaminhar providências à pauta de reivindicações do dissídio de 2012.

O vereador Mauro Zacher, que atendeu aos integrantes do Sindicâmara de forma receptiva desde a primeira reunião de negociações, manifestou a sua satisfação em sacramentar um acordo. "Em curto espaço de tempo de ações do GT e com as limitações orçamentárias, e regras da justiça eleitoral, foi possível conceder, entre outros benefícios, o reajuste de 33,33% do vale alimentação aos servidores da Casa". Zacher ressaltou que a iniciativa só foi possível frente a redução dos investimentos em obras na Casa.

Pauta

A pauta de reivindicações dos funcionários da Câmara Municipal foi dividida em duas partes: econômicas e sociais. O GT avançou nas questões que envolvem o vale-alimentação, saúde, e condições de ambiente no trabalho. Entre outras providências, a Câmara Municipal incentivará ainda esse ano a constituição de estudos para elaboração de um plano de cargos, carreiras e salários aos servidores e o estabelecimento de um projeto de lei para a apreciação e votação pelos vereadores.

O presidente do SindiCâmara, Renato Guimarães, acompanhado da sua diretoria, lembrou que o sindcicato, mais uma vez, trabalha com o ineditismo. "É o primeiro sindicato a promover um acordo histórico, pautado pelo diálogo e respeito entre as partes", reforçando o pioneirismo de Porto Alegre no sindicalismo em camaras municipais brasileiras. Ao  agradecer o empenho dos integrantes da mesa e dos diretores Sérgio Silva e Sérgio Gualdi, para a assinatura do termo que avança para o cumprimento das reivindicações do dissídio 2012, Renato observa que "os servidores com remuneração mais baixa, terão melhor ganho com o reajuste do vale alimentação".

Angélica Sperinde (reg. prof. 7862)


Imagens Relacionadas
Dsc_1868 Dsc_1861
rodapé